Neurociência, Soft skills e a Transformação Digital


Você sabia que de acordo com previsões apresentadas pelo Fórum Econômico Mundial calcula-se que até 2020 aproximadamente cinco milhões de empregos terão desaparecido em função da Inteligência Artificial? Isso na verdade tem a ver com uma discussão importante a respeito do desenvolvimento dos chamados soft skills versus hard skills.

Os soft skills compreendem as habilidades comportamentais, emocionais e sociais de um indivíduo, enquanto as hard skills dizem respeito aos conhecimentos técnicos e específicos de determinada atividade. Veja abaixo mais alguns motivos que contribuem para uma maior preocupação das empresas em desenvolver seus colaboradores nessas habilidades:

  • Dados da McKinsey trazem uma estimativa de que até 2030 os robôs causarão a substituição de 400 milhões a 800 milhões de empregos;

  • A tão falada transformação digital está acontecendo, aqui e agora! As empresas que nascem neste contexto já começam com uma vantagem competitiva e aquelas que ainda não iniciaram este movimento, estão em busca de soluções que agilizem o processo;

  • Empresas de sucesso no mercado vêm mostrando a importância de investir na cultura e propósito de uma organização, além de colocar as pessoas no centro, para valorizar, engajar, desenvolver e reter os seus talentos, em busca de resultados cada vez melhores.

  • O mercado entendeu que, resiliência, comunicação, empatia, liderança e inteligência emocional são habilidades chaves para o sucesso, e mais, podem ser ensinadas e desenvolvidas!

É claro que as empresas sempre valorizaram aqueles colaboradores que naturalmente apresentavam maior aptidão para as soft skills, além do conhecimento técnico. No entanto, muitas vezes tais habilidades eram deixadas em segundo plano, ou seja, eram consideradas um bônus, e não essenciais. Mas hoje, o mercado exige profissionais que se adaptam facilmente, que conseguem lidar com mudanças e pressões de forma eficaz, que entendem de maneira profunda as necessidades dos clientes e também, que são capazes de trabalhar, motivar e colaborar com equipes cada vez mais diversas, inclusive geograficamente. Apesar disso, dados da edição de 2017 do Capgemini Digital Transformations Institute Survey mostra que atualmente em torno de 60% das empresas sofrem com a carência das soft skills.

Infelizmente, estas habilidades ainda estão longe de serem ensinadas na grade curricular básica de qualquer profissional ou aluno. Por isso, cabe as empresas (e aos próprios profissionais) buscarem alternativas para desenvolver as soft skills, fundamentais para o mercado atual e, certamente, futuro.

Mas você já deve ter ouvido alguém dizer que aprender as soft skills é mais difícil do que as hard skills, certo? A questão é que o desenvolvimento dessas habilidades envolve a participação de processos cerebrais majoritariamente inconscientes, ou seja, temos pouco ou nenhum acesso voluntário, consciente, aos mecanismos que facilitam ou dificultam o aprimoramento destas habilidades. Isso não significa, de maneira nenhuma, que seja impossível desenvolver as soft skills. Mas é verdadeira a afirmação que tais habilidades levam mais tempo para serem aprendidas e, principalmente, exigem mais prática e repetição. Não basta ler sobre o assunto, é preciso exercitar, vivenciar, pois são processos que exigem experiência.

Por isso, a Neurociência surge como ferramenta chave para auxiliar neste desafio. Nas últimas décadas as pesquisas trouxeram aprendizados importantes a respeito dos processos cerebrais implícitos que permeiam as soft skills, tais como empatia, inteligência emocional, resiliência, comunicação, colaboração, dentre outras. Ao entender de maneira profunda as bases fisiológicas por trás de nosso comportamento, o conhecimento vindo da Neurociência ajuda na criação de estratégias mais efetivas para o aprimoramento das soft skills, ajudando os profissionais a identificarem seus pontos fortes e fracos, e também, os gatilhos que interferem de maneira favorável ou não para acelerar o processo de aprendizado.

Quer entender mais como a Neurociência pode ajudar a melhorar as soft skills da sua equipe? Continue seguindo a gente ou mande uma mensagem!

Um abraço e até o próximo post =)

RECENT POSTS

FEATURED POSTS

FOLLOW US

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Pinterest Icon

FALE COM A NÊMESIS

SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

FIQUE POR DENTRO

Receba em primeira mão nosso conteúdo gratuito sobre Neurociência Organizacional.

© 2017 Nêmesis. Site criado por Aksinha.